Pages Menu
Â̂ߋ Sede Central Izunome Izunome Group
Categories Menu

Postado on 21/nov/2019(qui)

Palavras de Kyoshu-Sama – 27/10/2019

Palavras de Kyoshu-Sama – 27/10/2019

Este conteúdo está disponível em: enEnglish

Print Friendly, PDF & Email

Palavras de Kyoshu-Sama
Culto às Almas dos Antepassados para Membros Brasileiros no Japão
Solo Sagrado de Atami, Sede da Igreja Su no Hikari
27 de outubro de 2019

 

Parabéns a todos pelo Culto às Almas dos Antepassados para Membros Brasileiros no Japão.

Estou muito feliz por participar deste culto com os membros brasileiros que residem no Japão. Também estou muito feliz por me encontrar, amistosamente, com todos os senhores e partilharmos a alegria de estarmos celebrando o dia de hoje.

Ao pensar sobre o caminho que os senhores percorreram até hoje, sinto que, apesar das muitas informações imprecisas com relação a Igreja, todos decidiram buscar comigo o verdadeiro sentimento pelo qual Deus enviou Meishu-Sama à Terra. Mesmo enfrentando inúmeras dificuldades, os senhores tiveram coragem para demonstrar claramente sua determinação. Os senhores não imaginam o quanto isso me encorajou.

E, agora, ao me deparar com tantas pessoas que partilham comigo o mesmo sentimento, sinto meu coração palpitar de emoção e gratidão.

Portanto, expresso minha mais sincera gratidão aos membros brasileiros que residem no Japão.

E, ao mesmo tempo, quero oferecer, em nome do Messias, que é uno a Meishu-Sama, minha mais sincera gratidão a Deus, que nos cria e educa com Seu grandioso amor e nos guia intensamente.

De agora em diante desejo continuar avançando junto aos senhores, com grande esperança, pelo caminho da fé completamente nova, o caminho da vida completamente nova, que Meishu-Sama está nos mostrando, sejam quais forem as circunstâncias que envolvem a nossa religião e o quanto ela venha a estremecer.

Com profundo respeito e temor a Deus, lhes digo que o amor de Deus, nosso verdadeiro Pai – o verdadeiro Pai de nossa vida – é infinitamente amplo e profundo. Com o Seu amor por nós, Ele salva, perdoa e acolhe a todos e tudo em Seu Paraíso.

Com Seu amor, Deus, o Criador, o Senhor da Criação, executa continuamente a Sua obra de criação, isto é, a salvação da humanidade. Neste dia do Culto às Almas dos Antepassados, relembramos a nós mesmos, mais uma vez, que Deus avança a Sua obra divina de salvação da humanidade através de nós e de nossos ancestrais, que estão em nosso interior – exatamente como Meishu-Sama nos ensinou que “somos a soma de todos os nossos ancestrais”.

Nós temos a sensação de que vivemos sozinhos, como indivíduos. Achamos que tentamos nos tornar pessoas melhores sozinhos; que sofremos, sentimos raiva, tristeza e alegria sozinhos. Achamos que servimos a Deus sozinhos. Entretanto, isso não é verdade. Nossos ancestrais encontram-se agora juntos a Deus, vivos dentro de nós. Estamos sempre unidos aos nossos ancestrais, juntos a Deus.

Nós e nossos ancestrais não viemos a este mundo para simplesmente perecer após o cumprimento de nossa missão na Terra. Na realidade, nascemos neste mundo para servir na eterna obra de criação e para nascer de novo como filhos de Deus, Messias. Nascemos na Terra para obter a vida eterna.

Recentemente, Meishu-Sama me fez perceber algo. Eu achava que a Prática do Sonen – a prática de entregar a Deus os vários sentimentos e pensamentos que surgem em nossa mente – era um trabalho de salvação de coisas que haviam acontecido no passado, ou seja, a salvação do passado. No entanto, eu percebi que tudo que Deus faz visa o futuro; a salvação do futuro. Ele usa o passado, o presente e o futuro para criar um novo futuro. Esta é a obra de salvação de Deus. Deus é o Deus do Futuro.

A vida que nossos ancestrais levaram, a vida que levamos hoje e a vida que nossos descendentes levarão, todas elas foram e serão parte da grande obra de Deus de criação de um novo futuro. O poder de criação de Deus é o poder de criar um novo futuro e tornar novas todas as coisas. Lembrem-se: No Paraíso, o Mundo do Início, Deus nos confiou o Seu Futuro e nós nascemos na Terra trazendo-o conosco. O Futuro de Deus é o seguinte: Ele perdoa todos nós, sem exceção, nos acolhe em Seu Paraíso, nos torna Seus verdadeiros filhos e vive conosco pela eternidade.

Tudo o que nossos ancestrais fizeram, tudo o que nós fizemos, foi parte do plano de Deus, do Futuro de Deus. A cada momento – no passado, presente e futuro – Deus está usando toda a humanidade, todos os ancestrais e toda a Natureza, sem exceção, para realizar o Seu trabalho de criação de um novo futuro.

Nós sempre pensamos sobre um futuro para nós e não para Deus, não é mesmo? Nosso futuro não é nosso; ele é de Deus. O futuro existe para Deus e não para nós. Vamos aceitar essa verdade com grande alegria! Vamos, a partir de hoje, servir com alegria na obra de criação de Deus! Vamos nos virar para Deus e dizer: “Obrigado, Deus! O Senhor está me usando, está usando meus ancestrais, na Sua obra de criação do Futuro de tornar novas todas as coisas!”.

Nos esquecemos do Paraíso, do nosso verdadeiro lar. Ignoramos a vontade de Deus, nosso verdadeiro Pai. Por ignorância, nos condenamos a perecer, escolhendo não nos arrepender e, assim, não herdar a vida de Deus.

Apesar disso, com Seu amor infalível por Seus filhos, e em nome do Messias, Deus nos perdoou. Através de Meishu-Sama, Deus nos informou que temos um verdadeiro lar – o Paraíso – dentro de cada um de nós e que este é cheio de vida, vigor, energia e esplendor.

Acredito que a Transição da Noite para o Dia revelada a Meishu-Sama significa o perdão de Deus. Por isso, tenho a forte convicção de que a Transição da Noite para o Dia foi a maior das boas novas recebidas até hoje pela humanidade. Através dessas boas novas, que são unas ao nome Messias, somos considerados perdoados, salvos e vivos, e temos a permissão de retornar ao Reino de Deus. Que maravilha é o fato de termos em nosso interior o caminho de retorno ao nosso verdadeiro lar – o Reino de Deus – através do nome Messias!

Há 88 anos, no dia 15 de junho de 1931, Meishu-Sama subiu ao topo do Monte Nokoguiri e, ao amanhecer, recebeu a revelação sobre a Transição da Noite para o Dia. Na ocasião, 28 pessoas acompanhavam Meishu-Sama e, liderados por ele, no momento do amanhecer, entoaram a oração Amatsu-Norito voltados em direção ao sol nascente. Gostaria de dizer-lhes o seguinte: Como pessoas unas a Meishu-Sama através do nome Messias no Mundo do Início, os senhores também estavam presentes no topo no Monte Nokoguiri. Os senhores, junto a Meishu-Sama, ofereceram sua oração ao sol e receberam a revelação sobre a Grande Transição e o perdão de Deus. 

Meishu-Sama compôs o seguinte salmo:

Eu lhes digo, meus seguidores:
     Arrependam-se e preparem-se!
     É assim que sobreviverão ao fim dos tempos com facilidade.

Meishu-Sama está nos exortando a admitir que somos pecadores, a nos arrepender e aceitar o perdão de Deus em nome do Messias. Deus sabia que cada um de nós O negaria e se tornaria um pecador. Foi por isso que Deus, muito antes da criação, no Mundo do Início, preparou o nome Messias para nós, de forma que haveria um caminho de retorno ao Paraíso de Deus – nosso verdadeiro lar – independentemente de quanto nos houvéssemos nos afastados de Deus. E não foi só isso. Deus também enviou Meishu-Sama ao mundo e, através dele, nos fez relembrar o nome Messias. Como é grande, profundo e infalível o amor de Deus!

Precisamos corresponder a esse Seu amor e servi-lo. Para tal, precisamos receber o perdão de Deus no sagrado nome do Messias. Assim poderemos participar da obra de criação de Deus de fazer um novo futuro e tornar novas todas as coisas. Liderados por Meishu-Sama, vamos servir a Deus unidos em um só coração, incansavelmente.

Que a graça, a paz e o amor de Deus estejam com todos os senhores.

Versão em PDF: Culto às Almas dos Antepassados_Kyoshu-Sama